Personalidade – Falando sobre a autora Julia Quinn

FALANDO SOBRE: JULIA QUINN

Seu nome verdadeiro é Julia Pottinger, (O Quinn é um pseudônimo) , nascida nos Estados Unidos, tem 45 anos de idade, é formada pelas universidades Harvard e Radcliffe. Começou a escrever seu primeiro romance um mês após concluir a faculdade. Seus livros está entre os mais vendidos no mundo , tem traduções em 26 idiomas e foi a autora mais jovem a entrar na galeria da fama de escritores românticos dos Estados Unidos.

Além da série The Bridgertons os outros livros escritos por ela são: The Splendid Trilogy, The Lyndon Sisters, Agents of the Crown, The Two Dukes of Wyndham, The Bevelstoke Series, The Smythe-Smith Quartet.

Trechos retirado do site amazon …
E traduzido pelo site livros e fuxicos

1. Você começa a ir para o trabalho de moletom.
As vantagens são evidentes. Pense no dinheiro que você pode economizar só em meia-calça! Sem mencionar o fator de conforto.

2. Você começa a ser Rainha do Mundo. (Ou pelo menos de seus personagens).
Eu tenho um monte de amigos escritores que dizem coisas como “Eu queria seguir o meu plano para ir por um caminho, mas meus personagens não permitiram isso.” Minha reação a isso é sempre, “Hein?”
Meus personagens sabem quem é o chefe. EU. (Ok, agora eu estou começando a me assustar Vou repetir: “Meus personagens não são pessoas reais, Meus personagens não são pessoas reais …”). Mas, falando sério, quem precisa de terapia quando você pode controlar seu próprio mundo?

 3. Não há três. (Viu o que eu quero dizer sobre ser rainha do mundo?)

4. Em festas, você sempre tem o trabalho mais interessante.
Pense em quem você costuma encontrar em ocasiões sociais. Meu marido é médico, por isso, quando saímos, eu tendo a me encontrar na companhia de médicos, mais médicos, o pesquisador ocasional, e se eu tiver sorte, uma enfermeira ou dois. Cônjuges parecem ser advogados ou especialistas em tecnologia da informação, ou, mais frequentemente, mais médicos. Invariavelmente, alguém vai me perguntar: “E o que você faz?”. O olhar em seus rostos quando eu digo a eles é sempre impagável. Claramente eles não estavam esperando que eu falasse algo tão diferente e interessante.

5. Os finais felizes, finais felizes, finais felizes!
O mundo pode ser um lugar deprimente. Eu ligo o noticiário e vejo que uma criança morreu em um incêndio. Primo de um amigo é atropelado por um motorista bêbado. Casamento de uma tia rompeu-se. Isso não quer dizer que eu não encontre alegria em cada dia. Um sorriso, um abraço, uma flor – verdadeiramente, que são as pequenas coisas que trazem a felicidade para o coração. Mas às vezes a má notícia pode ser esmagadora. E você quer saber quantos sorrisos, abraços e flores desabrochando vão demorar a fazer tudo melhor. E isso, eu acho, é a verdadeira razão de eu escrever (e ler) romances. Porque no fim do dia (ou, pelo menos, no fim do livro), todos são satisfeitos.
Eu recebo um monte de e-mails de meus leitores. Alguns me dizem que eu os fiz rir, alguns pedem conselhos sobre como se tornar um escritor, alguns querem saber se e quando um determinado personagem secundário terá seu próprio livro. Mas de vez em quando eu recebo um e-mail de alguém que está passando por um período difícil em sua vida. Seu marido foi demitido, a mãe dela morreu, ou talvez ela própria esteja doente. Mas quando ela pega um dos meus livros, ela é capaz de colocar tudo de lado por algumas horas. Ela sorri quando ela pensou que não tinha motivo para sorrir, ri quando ela pensou que todas as risadas tinham ido embora. E quando ela vira a última página e fecha o livro, ela suspira, e por pouco tempo, o final feliz é o seu final feliz também.
E é por isso que é ótimo ser um escritor de romance. Eu não posso mudar o mundo, mas posso mudar a tarde de alguém. Eu posso fazer as pessoas sorrirem, e para mim, não há nada mais precioso que isso.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Marvel | Loki e Wanda ganharão séries no streaming da Disney

Segundo a Variety, Loki e Wanda, interpretados por Tom Hiddleston e Elizabeth Olsen, ganharão série no streaming da Disney na Marvel. A Disney pretende investir...

Panini divulga a primeira capa do crossover entre Turma da Mônica e Liga da Justiça da DC Comics

Sábado passado, dia15 de setembro, durante o Batman Day, um evento especial realizado pela Panini para os fãs do Homem-Morcego, a editora divulgou com...

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

Review | Fire Force Vol. 1, de Atsushi Ohkubo

Novo mangá do mesmo criador de Soul Eater, Fire Force nos traz a história do aspirante a bombeiro Shinra Kusakabe, mas não um bombeiro...

Mais Notícias