Todos aqueles que leem um bom livro e gostam de cinema, tem a esperança de ver a obra que foi lida, representada nas telas. Algumas vezes essas adaptações são desastrosas, bem diferente da obra escrita, mas em contrapartida, muitos outros casos se tornam obras memoráveis e enchem os fãs de alegria. Nessa lista não irei falar de livros que foram adaptados para as telas, mas sim daqueles que tiveram algum projeto para ser adaptado e acabaram não sendo produzidos:

8. Quem é você Alasca? (John Green)

John Green é um famoso autor de romances que facilmente se tornam best-sellers, sempre fazendo seus fãs ficarem ansiosos por uma adaptação nos cinemas. Por dois anos os fãs foram “presenteados” com duas obras do autor no cinema, ‘A Culpa é das Estrelas’ em 2014 e ‘Cidades de Papel’ em 2015 tiveram uma boa bilheteria, dando um terceiro filme quase que garantido, mas para a tristeza dos fãs, o projeto foi encerrado pela Paramount Pictures e por enquanto não há previsão de quando ‘Quem é Você Alasca?’ poderá sair do papel.

 

7. Percy Jackson e a maldição do titã (Rick Riordan)

Os fãs de mitologia e aventura fizeram a série “Percy Jackson” uma das mais famosas e rentáveis nos últimos anos, o sucesso foi tão grande que logo uma trilogia foi encomendada para o cinema, começando com ‘Percy Jackson e o ladrão de raios’ em 2010 e a trama acabou dividindo os fãs. Em 2013 foi a vez de ‘Percy Jackson e o mar de monstros’ foi lançado na tentativa de dar fôlego as produções, mas a recepção da crítica e do público não foi das melhores e com os baixos números alcançados, o terceiro filme nomeado ‘Percy Jackson e a maldição do titã’ acabou sendo cancelado oficialmente em 2014, acabando de vez com a esperança dos fãs mais fiéis.

6. Y: O último homem

Muitos sabem que as histórias em quadrinhos são uma ótima fonte de conteúdo, e sempre vemos adaptações de HQs fazendo muito sucesso nas telas, como por exemplo ‘Watchmen’, ‘V de Vingança’ e ‘Te Walking Dead’, e foi pensando nesse mercado que a New Line Cinema adquiri os direitos da obra ‘Y: O Último Homem’ e tinha planos de fazer um filme, mas o prazo para realizar a produção expirou e os direitos retornaram aos seus criadores (Brian K. Vaughan e Pia Guerra), e o projeto do filme acabou cancelado. Os fãs ainda mantém as esperanças, pois o canal FX detém os direitos e pode estar desenvolvendo uma série de TV. Agora é torcer para não ser cancelado de novo.

5. Crossfire (Sylvia Day)

Com um mercado alavancado pelo sucesso de livros como ’50 tons de cinza’ (E.L. James) e ‘Submissa’ (Tara Sue Me), a Lionsgate TV adquiriu os direitos de ‘Crossfire’ (Sylvia Day) para criar uma série de TV inspiradas nos romances eróticos da autora, porém em 2013 o contrato expirou pela terceira vez e não houve interesse de renovação por parte da escritora, que já buscava outras parcerias para tentar levar o projeto adiante.

4. Ciclo da Herança (Christopher Paolini)

A ideia original do autor era chamada de ‘Trilogia da Herança’, mas a história era tão completa e extensa que o terceiro livro terminaria com mais de 2000 páginas, e por isso acabou dividido em duas partes, mudando o nome de trilogia para ‘O Ciclo da Herança’. O sucesso dos livros foi tão grande que em 2007 o primeiro livro da série foi adaptado para o cinema com o mesmo título, ‘Eragon’, e por não ter sido tão fiel ao enredo do livro, o filme acabou dividindo a opinião dos fãs e não alcançou o sucesso esperado, fazendo com que os planos para as sequências fossem adiados até chegar ao cancelamento do projeto.

3. O Símbolo Perdido (Dan Brown)

Dan Brown criou uma obra incrível, dividida em 4 livros que fez o personagem Robert Langdon ficar tão marcante, que somado a atuação brilhante de Tom Hanks em ‘O Código DaVinci’, fez o filme ter um sucesso grandioso e garantiu a sequência dos filmes. Os outros livros da série também receberam suas adaptações cinematográficas, com exceção de ‘O Símbolo Perdido’, terceiro livro da série. Os produtores afirmaram até ter alguns roteiros prontos, mas todos levavam na mesma direção dos dois primeiros filmes, por isso optaram por fazer o quarto livro, ‘Inferno’, ao invés do terceiro.

2. O lado feio do amor ( Collen Hoover)

A produção de ‘O lado feio do amor’ estava em andamento e seria totalmente independente, idealizada através de um financiamento coletivo criado pela autora do livro, Collen Hoover e seguia em frente com a ajuda dos fãs. Mesmo com todos os esforços da produtora, todo o investimento dos envolvidos e até mesmo um trailer que ja havia sido divulgado, , a escritora decidiu cancelar o projeto do longa-metragem para a tristeza dos fãs.

1. O Senhor dos Anéis (J. R. R. Tolkien)

Isso mesmo, ‘O Senhor dos Anéis’ está nessa lista e você deve estar pensando: “Mas o filme não saiu no cinema??” Sim! o filme foi lançado, porém, em 1969 os direitos da saga de J. R. R. Tolkien foram parar nas mãos da United Artists, empresa que também trabalhava com os Beatles e assim que a banda ficou sabendo da notícia, decidiram que iriam participar das gravações do filme e que Stanley Kubrick seria a pessoa ideal para fazer a adaptação para as telas, mas o diretor não achava que aquilo era uma tarefa possível e disse a John Lennon que a obra não podia ser filmada, convencendo-o a desistir da ideia.

COMPARTILHAR
Gosto de games, séries e livros. Não tenho tempo pra jogar, assistir ou ler..

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here